Leite e hipertrofia

leite de vaca

Quando falamos dos melhores líquidos para se consumir antes e depois do treino, geralmente, apontamos mais especificamente para a água e isotônicos. Eu não diria que isto é errado, mas existem algumas outras opções que também pode ser úteis para os seus objetivos. Uma delas, por exemplo, é o próprio leite de vaca.

O leite pode ajudar a recuperar bem mais rapidamente seu vigor e músculos, saciando sua vontade de comer e dando disposição para seguir com sua rotina habitual.

Porquê o leite pode te ajudar na musculação? Descubra neste artigo!

Leite de vaca em dieta de hipertrofia?

Sim!

hipertrofia muscular

Imagine que seus músculos sempre vão se danificar (positivamente) após uma série intensa de exercícios, sendo eles aeróbicos ou anaeróbicos. A caseína junto a proteína do leite, podendo ser isolada em forma de suplemento (Whey Protein), é exatamente o que o seu organismo precisa para regenerar todos os músculos afetados.

O leite consegue nos fornecer as partes necessárias para a recuperação exata, deixando o ambiente certo para o crescimento muscular.

Leite integral ou desnatado. Qual o melhor?

Frente a redução de gorduras no leite desnatado, é natural que você o coloque como a melhor opção para dieta, não é? Bom, existem algumas outras vistas.

O leite integral consegue retardar a absorção da proteína, permitindo que os aminoácidos consigam ficar mais disponíveis por ainda mais tempo, reduzindo ainda mais os tradicionais picos de insulina.

A gordura encontrada no leite integral é composta essencialmente de ácidos graxos insaturados, sendo as famosas “gorduras boas”, contendo também vitamina D.

Seu consumo, assim como qualquer outro alimento, deve ser colocado em uma dieta balanceada com objetivos claros. Caso isso não seja feito, é possível encontrar alguns problemas com testosterona. Felizmente, existem alguns medicamentos manipulados que podem fazer a diferença positivamente. Você pode encontra-los na Farmadoro, uma farmácia do segmento que cada vez mais ganha espaço no cenário paulista.

Aproveite as dicas!

Benefícios do leite

leite na mesa

Sendo uma das bebidas mais consumidas em todo o planeta, o leite de vaca faz parte da cultura do café da manhã de diversas famílias brasileiras, destacando-se sempre com sua boa informação nutricional.

leite na tabua

Essa cultura é bem aceita. Afinal, ter um alimento que seja rico em cálcio e proteínas de uma só vez é importante para prevenir diversos problemas. Osteoporose, por exemplo, é um problema que pode aparecer um pouco mais do que você imagina.

A produção do leite pode variar de acordo com o seu objetivo. Além do tradicional leite de vaca, existem outras bebidas possuem o caminho vegetal, feitas geralmente a partir de castanha ou soja.

De maneira um pouco mais didática que as postagens anteriores, separei detalhadamente todos os benefícios que o leite pode proporcionar para a sua vida. Desta maneira, além de seguir a tradicionalidade do café da manhã, você saberá exatamente o motivo no qual está consumindo o respectivo leite em sua mesa. Pronto?

Benefícios que você pode encontrar no leite

Sei que comecei falando dos benefícios que você encontrar dentro do leite. A partir de agora, vou detalhar melhores as propriedades nutricionais.

Para começar, suas vitaminas e minerais conseguem manter nossa rotina sempre ativa e saudável. Por ser uma fonte incrível de nutrientes, tal como o selênio cálcio, consumi-lo durante a manha irá criar todo o ambiente necessário para ter um dia bom.

Para você ter uma pequena ideia do que disse até agora, basta somente um copo cheio com leite de vaca para garantir uma ótima quantidade de vitamina A e B, estimulando a produção de células vermelhas no sangue e abastecendo nosso estoque de carboidratos para potencializar nossa energia durante as atividades.

O leite, como integral, possuí diversas vitaminas. Dentro deste time, podemos citar a vitamina A, K, E e D, presentes especialmente na gordura do leite.

Você que é mãe, mesmo lendo este artigo e entendendo a quantidade de benefícios que o leite pode disponibilizar, não se esqueça: crianças com menos de um ano de idade não devem tomar este leite.

Seguindo a premissa da postagem, segue abaixo seus componentes nutricionais justo a detalhes das suas respectivas atividades:

  • Potássio

Trata-se de um mineral essencial, sendo responsável pela distribuição da água em nosso corpo. A contração muscular e condução de estímulos nervosos também entram nesse time;

  • Vitaminas

Conforme já disse anteriormente, as vitaminas que estão presentes no leite mantem-se ligadas a reparação dos tecidos do nosso corpo junto a formação do tecido ósseo. A riboflavina, também chamada de vitamina B2, aparece com mais destaque dentro da formação de glóbulos vermelhos, além de regular corretamente as funções do nosso sistema nervoso.

A vitamina B12 entra diretamente na formação de células do sangue e massa óssea;

  • Cálcio

Para terminar, independente do tipo de leite, o cálcio aparece com pelo menos 25% das necessidades totais do cálcio diário.

Qual é o melhor tipo de leite?

leite e copo

Se a sua intenção é manter seus ossos sempre saudáveis, o consumo diário do leite torna-se essencial graças a sua riquíssima fonte de cálcio. Um adulto que não tenha o costumo de consumir este alimento por dia, principalmente aos 50 anos ou mais, está bem-disposto a ter problemas ósseos.

Leite

Como você já deve saber, o leite é um alimento completo que deve estar na mesa de todas as famílias brasileiras. Porém, qual é o melhor leite? O leite que eu tomo deve ser o mesmo para o meu filho?

Sei que não são poucas as perguntas referentes ao estilo do leite no qual deve consumir. Para aliviar um pouco sua mente quanto a isso, vou falar melhor dos três principais tipos de leite disponíveis hoje no mercado.

Leite integral, semidesnatado e destinado. Qual é melhor?

Desde a nossa infância, somos acostumados a consumir sempre o leite integral. Tudo isso se dá pela criação tradicional das famílias brasileiras. Porém, em alguns casos, ele pode não ser o mais indicado. Segue as diferenças entre eles:

  • Leite Integral

Com o maior índice de gordura entre todos os leites, o leite integral consegue manter todas suas fontes intocáveis. Toda sua gordura é conservada antes que passe pelo período de industrialização.

A porcentagem constante de gordura presente neste tipo de leite gira em torno de 3% em toda sua composição. Baseando-se nisso, este leite pode ser mais facilmente indicado para todas as crianças acima de dois anos de idade, demandando sempre mais energia para ir para a escola e brincar com seus amigos.

Quando se trata de puberdade durante a adolescência, os jovens também podem continuar tomando leite para recarregar suas energias. É desta forma que o jovem consegue desenvolver melhor seu corpo e funções;

  • Leite Desnatado

Para quem costuma sofrer com o sistema cardiovascular ou possuí uma dieta alimentar que opte pela exclusão constante de gordura, o leite desnatado é também indicado graças a suas vitaminas A e D.

Mesmo com seu baixo índice de gordura, suas qualidades não devem ser subestimadas: ele consegue manter as mesmas quantidades de cálcio, proteínas, potássio, fósforo e muitos outros nutrientes que são mais constantemente encontrados no leite integral. Porém, é possível notar uma falta no fornecimento de energia para atividades físicas.

Cada organismo funciona de maneira completamente diferente, exigindo particularidades que nunca devem ser replicadas por achismos. É por conta disso que o Dr. Rafael Angelim, em alguns dos seus artigos, explica que a avaliação completa é sempre a chave para o sucesso de qualquer dieta;

  • Leite semidesnatado

Já passando para o meio termo entre os dois acima, o leite semidesnatado é processado de maneira equilibrada, mantendo um pouco de gordura. Trata-se da opção intermediaria dos leites disponíveis no mercado, variando seus níveis.

Felizmente, todos os três leites mantem suas qualidades principais, dando a oportunidade para escolher o melhor momento de aderir na dieta.

Existem outros leites mais especiais no mercado, sendo digno de um artigo somente sobre este artigo. Entretanto, vale ressaltar que ambas as opções possuem lactose, podendo ser algo restritivo para quem possuem este tipo de problema.

Saber escolher o tipo de leite, uma vez que se trata de um alimento que faz parte diariamente da sua mesa de café da manhã, é essencial para manter a saúde corporal e estimular a evolução natural do organismo.